Search Results for: suculentas

posted by on Jantar

Essa semana estou me sentindo básica. Não quero ver nada extraordinário, quero ver aquilo que funciona, que tenha estilo, que seja simples, mas que tenha personalidade acima de tudo. Sim, porque o básico não precisa ser chato. O simples não precisa ser básico. E o chique não precisa ser over. Leonardo da Vinci disse que “a simplicidade é grau máximo da sofisticação”. Ah, então é fácil ser simples e chique? Não, de jeito nenhum.

A mesa de hoje é básica. E simples. E chique. E tem personalidade. Uma pena não ter tantas fotos, mas podemos ver o essencial. Foram usados sousplats de rattan, louça branca e talheres comuns. Os guardanapos são de tecido cru com borda preta e, por cima deles, foram colocados bowls com suculentas. As taças de vinho são vintage e trazem um desenho grego. Os copos para água são copos de velas Diptyque, aquelas famosas velas francesas. Acho que os copos com as lavandas são delas também, apesar de estarem sem os rótulos. Além dos arranjos com as lavandas, enfeitam o centro da mesa pequenos castiçais de quartzo e os marcadores de lugar do mesmo material. Veja:

mesasacramento-01 mesasacramento-02 mesasacramento-06mesasacramento-04mesasacramento-03mesasacramento-05

via Sacramento Street

posted by on Retrospectiva

Os elementos da natureza muitas vezes me serviram de inspiração. As plantas, minhas companheiras do dia a dia, foram destacadas com duas semanas exclusivas e tiveram como representantes as suculentas e as hortênsias. Frutas, legumes e verduras também marcaram presença, em especial os morangos. Os animais não poderiam faltar e vieram voando para acompanhar o blog. Muitos passarinhos e borboletas fizeram a festa por aqui!

CAMCC-retrospectivanatureza-01 CAMCC-retrospectivanatureza-02 CAMCC-retrospectivanatureza-04 CAMCC-retrospectivanatureza-05 CAMCC-retrospectivanatureza-06 CAMCC-retrospectivanatureza-03

posted by on Almoço, Jantar

Eu sei que tem gente que gosta e tem gente que não gosta de forma alguma. Mas, o que não podemos negar, é que o pink é uma cor alto astral. Se você concorda comigo, vale a pena ter em casa algo dessa cor, para dar aquela arribada num dia meio sem graça. Ou pode sempre recorrer às flores que garantem a alegria e a boa vibração no nosso lar. Para essa mesa, abusei do pink, mas não usei nada complicado ou difícil. Os jogos americanos são de tecido com uma leve costura colorida, da mesma artista dessa produção aqui. Talheres e louça básica de sempre e os guardanapos são de papel estampado. A bacia com as flores normalmente uso como centro de mesa e vou trocando os vasinhos conforme a necessidade e o humor – dessa vez, não resisti aos calanchoês super floridos, você sabia que eles também são suculentas?

CAMCC-mesapink-06CAMCC-mesapink-04CAMCC-mesapink-05CAMCC-mesapink-02CAMCC-mesapink-03CAMCC-mesapink-07CAMCC-mesapink-08CAMCC-mesapink-01

(Todas as peças são do acervo pessoal.)