Posts Tagged ‘talheres’

posted by on DIY

Porta-talheres comprados prontos são super práticos, mas os que a gente mesmo faz, são muito mais charmosos! Então, aqui vão algumas boas ideias de DIY usando o hit do momento: as “mason jars”. Para quem ainda não entendeu o que é isso, são aqueles vidros de conserva com escrito em alto relevo, muito comuns nos Estados Unidos, mas qualquer vidro de azeitona serve, viu? Para incrementar, veja as inspirações aqui abaixo e boa sorte!

CAMCC-ideiasdeminuto-talheres-01

Imagens: Pinterest

posted by on Guia

Você já teve a oportunidade de abrir um faqueiro super-hiper-ultra completo? Daqueles com milhares de peças? E que custam uma fortuna? Eu já! E vou confessar que alguns itens fiquei me perguntando “para que será que serve isso?”. Para a nossa sorte, hoje o mundo está mais prático e muitos talheres específicos estão caindo em desuso. Por exemplo, os talheres de peixe. Já passou pela sua cabeça por que inventaram esses talheres? Sim, houve um motivo. Antes do aço inox, como expliquei no post anterior, as facas eram feitas de aço carbono que, ao menor contato com algo ácido (como limão e vinagre), se tornavam negras e eliminavam um sabor terrível. Ou seja, era um problema comer peixes temperados com limão. Assim, começaram a fazer facas de prata para peixe e para distingui-las das outras, mudaram seu formato, já que o peixe não necessita de ser cortado com serra. O garfo de peixe tem seu formato diferenciado pelo mesmo motivo. Como hoje todos os talheres são de aço inox, os talheres de peixe se tornaram desnecessários ou “uma afetação inútil”, para Bee Wilson, autora do livro Pense no garfo!. Claro que, se você já tem os tais talheres, pode usá-los quando bem entender, só estou dizendo que comprar talheres para peixe talvez não valha a pena.

Bom, mas vamos ao que interessa, conhecer cada talher e saber seu uso adequado!

Facas

Faca de mesa: grande, para refeições em geral.faca-de-mesa

Faca para churrasco ou grelhado: grande, estreita, pontiaguda e afiada.faca-para-churrasco

Faca para peixe: um pouco menor que a de mesa, tem ponta central e lâmina com fio liso.faca-para-peixe

Faca para manteiga: pequena, com ponta arredondada e fio liso.espatula-para-manteiga

Faca de sobremesa: média, para sobremesas ou entradas.faca-para-sobremesa

Garfos

Garfo de mesa: grande, para refeições em geral.garfo-de-mesa

Garfo para peixe: um pouco menor que o de mesa, tem a base mais larga.garfo-para-peixe

Garfo de sobremesa: médio, para sobremesas ou entradas.garfo-para-sobremesa

Garfo para bolo ou torta: pequeno, com três dentes.garfo-para-torta

Colheres

Colher de mesa: grande, para tomar sopa.colher-de-mesa

Colher de sobremesa: média, para sobremesas ou entradas.colher-para-sobremesa

Colher de chá: pequena, para chá e sobremesas servidas em pequenos recipientes.colher-para-cha

Colher de café: pequena. A de café expresso é menor ainda.

colher-para-cafe

Colher para coquetel ou refresco: com cabo extra longo, para copos no estilo long drink.

colher-para-refresco

Outros

Talheres para espaguete: o garfo é comprido, com três dentes e a colher comprida e redonda. A colher serve para apoiar o garfo para enrolar a massa.colher-para-espaguete garfo-para-espaguete

Talheres para bebês e crianças: para os bebês, normalmente o conjunto é de colher e garfo. Em alguns casos, há uma pá e a colher é torta. Para as crianças, o conjunto é formado por garfo, faca e duas colheres.

crianças e bebes   

 Algumas considerações:

  • Excluí aqui os talheres muito específicos que acredito nem terem no Brasil, como os para comer batatas com casca e outros para toranjas. (Sim, isso existe!)
  • Os talheres para servir aparecerão mais para frente, junto das louças para o mesmo fim.
  • As imagens dos talheres aqui apresentadas são da Tramontina, linha Classic (a maioria), linha Maresias (refrescos), linha Berlin (espaguete) e Le Petit (bebês). O conjunto para crianças é da WMF. Todas imagens são dos sites das respectivas marcas.

posted by on Guia

Se os talheres já foram bem incorporados nas refeições, saiba que nem sempre foi assim. Por muito tempo, o hábito de comer com as mãos predominou, mesmo entre os povos “mais civilizados”. O que conta a história é que a faca é o talher mais antigo, pois servia para caça e defesa dos Homo Erectus, a mais de 1 milhão de anos atrás. Bem mais novinha, com cerca de 20 mil anos, a colher apareceu para cozinhar e servir a comida. E quem diria que o uso do garfo, invenção mais recente de todas, já foi motivo de escândalo? Pois bem, são muitas as curiosidades sobre os talheres e para quem se interessar, vale a pena uma pesquisa. Fato importante é que faca, colher e garfo como usamos hoje, só se popularizaram de verdade no século XIX.

CAMCC-guia-talheres-01

De que material são feitos os talheres?

A matéria prima básica para a fabricação dos talheres é o aço inox. Pode parecer redundante falar em aço inox, de tanto que a gente vê o termo escrito por aí, mas “só nos primeiros anos do século XX é que se conseguiu produzir um aço inoxidável de qualidade, forte e elástico o suficiente, além de resistente à corrosão”¹. Antes disso, os talheres de aço podiam deixar um gosto metálico na boca, manchar facilmente e serem corroídos por alimentos ácidos. Ainda bem que conseguiram chegar na fórmula perfeita do aço inox para produzir talheres! Em inglês, você reconhece que é aço inox pelo termo stainless steel. Além do aço inox, os talheres podem ser de prata, banhados a ouro, e receberem cabos de outros materiais não metálicos, como madeira, bambu, ossos, plástico, resinas… e por aí vai.

CAMCC-guia-talheres-02 Food Photographer, based in the NJ, NYC area.

Como reconhecer um talher de boa qualidade?

Além do material, deve se observar duas coisas: espessura e acabamento. Um talher de boa qualidade jamais irá se dobrar com facilidade. Quem nunca amassou um garfo sem fazer qualquer esforço? Ou percebeu que os dentes estavam tortos? É horrível, né? A espessura mínima de aço usada em talheres de alta qualidade é de 2,5mm. O acabamento deve ser impecável, com superfície bem polida, sem poros ou rebarbas.

CAMCC-guia-talheres-04

Como comprar talheres?

Os talheres são vendidos das seguintes maneiras: individualmente, em pequenos jogos ou em grandes faqueiros. Faqueiro é um conjunto de talheres de mesmo modelo e mesma marca, normalmente vêm em caixas ou estojos. Podem ser simples, apenas com os talheres de mesa ou mais completos, com talheres para servir. Existe uma variedade de talheres específicos, mas esses, vou desvendar no próximo capítulo.

Faqueiro Tramontina com 42 peças

Faqueiro Tramontina com 42 peças

Faqueiro Tramontina com 130 peças

Faqueiro Tramontina com 130 peças

Qual faqueiro não posso deixar de ter em casa?

Como disse para as louças, um faqueiro básico é essencial. Faqueiro básico, para mim, são talheres totalmente de aço inox, com desenho limpo e elegante. É interessante ter jogos diferentes para o dia a dia e para ocasiões especiais. Muita gente prefere ter um básico para o uso cotidiano e outro mais diferenciado para ocasiões especiais. Na parte 3, vou mostrar uma gama de talheres nos mais diversos estilos.

Linha Ambiente, da WMF

Linha Ambiente, da WMF

Linha Arthur Casas, da Riva

Linha Arthur Casas, da Riva

Linha Monterrey, da Hércules

Linha Monterrey, da Hércules

Linha London, da Wolff

Linha London, da Wolff

Linha Berlin, da Tramontina

Linha Berlin, da Tramontina

¹Trecho retirado do livro de Bee Wilson, Pense no Garfo! – Uma história da cozinha e de como comemos (Editora Zahar)

Imagens: Pinterest, Crate & Barrel, WMF, Tramontina, Riva, Universal Presentes