Search Results for: capulana

Capulanas

maio
2013
27

posted by on Temas

Impressionante como pouco sabemos sobre a cultura de países distantes, mas que tem uma história cruzada com a nossa aqui do Brasil. Estou falando de Moçambique, país na costa oriental da África que, como nós, foi colônia portuguesa e, portanto, tem o português como língua oficial. Apenas por esse motivo, já bastava para termos alguma relação com esse povo que, com certeza, tem uma cultura enorme para compartilhar. Parte marcante dessa cultura são as capulanas, panos usados principalmente pelas mulheres maçambicanas para cobrir o corpo. A forma mais comum de usá-las é dando um nó para virar saia, mas elas usam também para confeccionar roupas e bolsas, para carregar os filhos amarrando-os nas costas, para estender no chão para o comércio de rua e também para decorar a casa, transformando-as em manta para o sofá e em toalha de mesa. O tecido é um pouco mais grosso e áspero do que estamos acostumados, mas as cores e estampas são o que mais chamam a atenção. Começamos dando um gostinho com imagens de capulanas, para você ver como essa semana promete ser vibrante e colorida! Aproveite:

capulanas-01 capulanas-02 capulanas-03 capulanas-04 capulanas-05 capulanas-06 capulanas-07 capulanas-08 capulanas-09 capulanas-10 capulanas-11 capulanas-12 capulanas-13 capulanas-14 capulanas-15 capulanas-16 capulanas-17 capulanas-18

Imagens: Capulana in Design, Pano p’ra Manga, Comunidade Sol, Dignow, Piquenicar, Sapo.pt, Dabanga, Flickr, Acampanasce Moçambique

posted by on Retrospectiva

As estampas e os materiais às vezes se fundem. Um material pode virar estampa facilmente, apesar do contrário não acontecer. As estampas que até agora mais aparecerem por aqui foram: o floral, as listras e o chevron (que acaba sendo um tipo de listra também). Em outros momentos, tivemos as estampadíssimas capulanas (um tecido de Moçambique), o tie-dye (uma técnica de tingimento que forma uma estampa) e algumas bicicletas (só para descontrair). Veja:

CAMCC-retrospectivaestampas-01 CAMCC-retrospectivaestampas-06 CAMCC-retrospectivaestampas-04 CAMCC-retrospectivaestampas-03 CAMCC-retrospectivaestampas-02 CAMCC-retrospectivaestampas-05

posted by on Almoço

Uma das combinações infalíveis do cinza é usá-lo com o preto e o branco. Funciona muito bem porque o cinza, em seus vários tons, nada mais é do que essas duas cores misturadas. Eu queria uma mesa bem séria usando essa combinação mas, por fim, não resisti e coloquei um toque de cor.

CAMCC-mesacinza-01CAMCC-mesacinza-09

A base da arrumação foram os trilhos de tecido de alfaiataria num tom de grafite com risca de giz branca. Uma ótima ideia para o Dia dos Pais que se aproxima, não acha? Eu mesma os costurei e minha mãe fez os pespontos com linha de bordado, mas você pode comprar o tecido e mandar para sua costureira (uma largura rende três trilhos, então basta você medir a sua mesa e acrescentar uns 30cm de caída para cada lado, já considerando a costura).

CAMCC-mesacinza-03CAMCC-mesacinza-04

Usei pratos brancos lisos e esse jogo para entrada que tem quatro estampas diferentes. Se você for servir uma entradinha que não precisa de talheres, como uma bruschetta, por exemplo, não tem a menor necessidade de colocá-los na mesa. Mas é interessante colocar guardanapos extras de papel para limpar as mãos.

CAMCC-mesacinza-02CAMCC-mesacinza-06

Para o toque de cor, escolhi guardanapos de tecido num tom de vermelho escuro e as flores de primavera em dois tons que formaram um suave degradê. Arrumei as flores nos bowls de chifre, os mesmos que usei nesta mesa aqui.

CAMCC-mesacinza-05CAMCC-mesacinza-08

A forma alongada desses talheres deixa-os bem elegante. Eles são de inox com detalhe nos cabos em plástico preto, que fica parecendo madeira. Quem tem medo de comprar acessórios pretos, a dica é escolher aqueles que tem um visual mais leve, assim, fica mais fácil de serem usados.

CAMCC-mesacinza-07CAMCC-mesacinza-10

(Todas as peças são do acervo pessoal.)