Lanche da tarde: araras + cerâmica indígena

abr
2013
17

posted by on Café da manhã, lanche e chá da tarde

Ontem mostramos uma mesa cheia de artesanato indígena, mas será que dá para fazer uma produção com inspiração nos índios sem dispor de tantos objetos? Dá sim. A primeira coisa que podemos pensar é que os índios vivem do que encontram na natureza e, tudo relacionado a ela, pode ser usado para decorar a mesa. Aqui, o ponto-chave foi a toalha estampadíssima de folhas e araras.

CAMCC-lancheindigena-01

Como já tinha bastante informação na toalha, usamos pratos brancos e, por cima, pratos de vidro transparente texturizado.

CAMCC-lancheindigena-10

Para dar um charme extra, aderimos às argolas de guardanapo de passarinhos:

CAMCC-lancheindigena-08CAMCC-lancheindigena-02

Com clima de fazenda, o quitute principal do lanche, foram as pamonhas fresquinhas. Para quem não sabe, a pamonha era uma iguaria típica dos índios tupi-guarani e, com a chegada dos europeus, a receita foi um pouco modificada, mas continua sendo bastante consumida no Brasil, principalmente nos estados de Goiás, Minas e São Paulo.

CAMCC-lancheindigena-04CAMCC-lancheindigena-05

Nós optamos por servir as pamonhas numa travessa de barro decorada com uma folha de bananeira. As panelas de barro também são uma herança da tradição indígena.

CAMCC-lancheindigena-03

Para completar, usamos um cachepot com folhagem e um prato servindo bolo de mandioca. Ambos são de cerâmica pintada à mão, com inspiração nos cocares da tribo Kaapor. Um trabalho muito bonito da Fe Cerâmica.

CAMCC-lancheindigena-07CAMCC-lancheindigena-09

Então, o que achou?

(As argolas de guardanapo e pratos brancos são da Allegra, as demais peças, do acervo pessoal.)

Tags: , , , , ,